Talvez você não saiba, mas o Seguro Viagem é o item mais barato do checklist de viagem, e mesmo assim muita gente cai na besteira de tentar economizar tirando esse item da lista de gastos! Algumas pessoas nem contratam o seguro, e outros contratam um sem qualquer indicação, e acabam ficando na mão em caso de necessidade. Felizmente eu nunca fiquei na mão com meus seguros, mas eu já precisei utilizar seguro durante a minha viagem mais de uma vez. Apesar de não ser obrigatório ter um seguro para entrar nos Estados Unidos, eu não recomendo que você viaje sem seguro em hipótese alguma!

O principal motivo dessa recomendação é o fato de que nos Estados Unidos não existe acesso ao sistema público de saúde. Quer dizer, até existe, mas não para turistas, e até para os americanos é algo super limitado. É sério, não tem SUS por lá não! Então, se você tiver uma emergência na viagem e não possuir seguro, se prepara! Claro que vão te atender mesmo assim, mas você vai receber a cobrança no Brasil depois. E, se você não pagar, isso pode acabar acarretando em um visto negado quando você for renovar.

– Mas eu não fico doente nunca!

Mas imprevistos acontecem, e eles podem estragar a sua viagem! Não precisa nem ser uma doença. E as emergências são muito caras. Como por enquanto eu estou só falando de saúde, vou ilustrar e dar algumas noções de valores. Veja o quanto você vai gastar se algum desses imprevistos acontecerem com você e você estiver sem seguro:

consulta médica básica: US$200
desidratação: US$700
intoxicação alimentar: U$1.500
dor de dente: US$2.000
pedra no rim: US$8.000
apendicite: US$40.000
braço quebrado: U$20.000

Esses são valores médios de emergências que eu presenciei com alguns colegas enquanto morei em Orlando nos meus dois intercâmbios. Se você pesquisar no Google, vai encontrar valores até mais salgados pelos mesmos procedimentos, já que tudo depende da complexidade. Meus colegas que tinham seguro não pagaram um centavo, enquanto outros recebem a conta até hoje em casa. E essas são coisas que podem acontecer com qualquer um, independente da sua saúde ser incrível e você nunca ficar doente.

Por essas e outras que eu digo: o seguro é crucial, especialmente se você não tem como desembolsar mais de 100 mil reais pra cobrir uma simples apendicite.

Quanto custa?

Um bom Seguro Viagem custa, em média R$150 a R$200 por pessoa. Mas tudo depende também da duração da sua viagem, já comprei seguros muito bons por menos de R$90,00 pra uma viagem de 1 semana. Você vai encontrar seguros de todos os preços, benefícios e coberturas, e tudo isso pode ser bem confuso durante a sua pesquisa. E não querendo te assustar, mas já assustando: se você não pesquisar direitinho, pode acabar pagando muito mais caro por um mesmo seguro. Mas já vou te contar meu truque pra conseguir bons seguros ao menor preço possível, vem comigo! 😉

Qual é a Cobertura recomendada?

Ao pesquisar por aí você vai encontrar seguros que cobrem desde 5 mil até 1 milhão de dólares. Eu recomendo um seguro que cubra pelo menos 30 mil dólares. Alguns lugares do mundo pedem um valor mínimo de cobertura (como a Europa, por exemplo, que pede um seguro com uma cobertura de pelo menos €30.000). Os Estados Unidos não pedem um valor mínimo, mas acho que você já entendeu que não vale a pena economizar muito aqui, né? Especialmente se você ou alguém da sua família tem alguma condição mais delicada de saúde. É bom ficar atento também se o plano cobre gravidez, despesas com remédios e condições pré-existentes, para que não hajam surpresas!

Onde comprar o Seguro Viagem?

Antes de recomendar qualquer coisa pra você aqui no blog, eu faço questão de testar antes. Se eu acho que vale a pena, aí sim eu recomendo e vou atrás de alguma facilidade pra você. E essa dica que eu vou dar hoje é exatamente um desses casos!

Lembra que eu falei que você precisaria pesquisar muito bem para ver qual seria o seguro de fato mais barato? Existe um site que pesquisa em simplesmente todas as seguradoras de confiança, e te dar diversas opções de coberturas e inclusive promoções: é a Seguros Promo. É lá que eu compro o meu seguro quando eu viajo, e por isso posso recomendar de olhos fechados!

E eu gosto tanto da Seguros Promo, que fiz uma parceria com eles: se você leitor do Disney Point comprar seu seguro por lá, basta utilizar o cupom DISNEYPOINT10 para ganhar 15% de desconto nas compras via boleto bancário, ou 10% de desconto nas compras via cartão de crédito. Outra coisa legal: se você comprar usando esse cupom, o Disney Point vai ganhar uma comissão dessa venda, e você vai ajudar de volta o blog que está te ajudando!  Sensacional, né? Aproveita, é só clicar aqui para acessar e colocar o cupom no checkout:

 

Inclusive, se você está se perguntando agora onde eu recomendo que você alugue carro, compre ingressos, reserve hotel, compre chip de celular, confira a lista de Serviços Recomendados do Disney Point! 😉

É realmente muito prático você conseguir de uma vez só comparar os preços de todos os seguros. Olha só como fazer:

Disney Point Seguro Viagem Saude Seguros Promo Home-min

Pode colocar sem medo seu email e telefone, eles não saem ligando assim não! 🙂

Disney Point Seguro Viagem Saude Estados Unidos Comparação Seguros Promo-min

Você pode escolher quais seguros são mais interessantes e comparar as coberturas para escolher qual compensa mais pra você

Disney Point Seguro Viagem Saude Estados Unidos Seguros Promo Comparação-min

Compare todas as coberturas, e qualquer dúvida é só perguntar no chat!

Qual é o melhor Seguro?

Se você procurar todas as seguradoras no Google, vai encontrar elogios e reclamações. Todas, sem exceção! Não adianta eu defender pra você uma determinada empresa. Dito isso, vou falar pra você: eu pesquiso o meu seguro na Seguros Promo, coloco a cobertura mínima que eu gosto (eu costumo comprar de 40 a 60 mil), e escolho o mais barato que se encaixe no que eu estou buscando entre as opções que eu confio. Normalmente eu fico entre 3 opções: Assist Card, Travel Ace e GTA.

Não fique tão apegado nos relatos negativos, porque a gente sabe que ninguém perde tempo elogiando. O brasileiro só vai divulgar na internet quando é pra reclamar, não é? Lembre-se que pra 1 reclamação, umas 300 pessoas fizeram uma boa viagem. Eu recomendo essas 3 empresas pra você, por já ter precisado usar nos Estados Unidos e no Canadá, e ter sido bem atendida. Torço para que você nem precise usar, mas, caso precise, que você também seja bem atendido. Depois me conta!

O que eu mais gosto da Seguros Promo é a assistência incrível que eles dão na hora que você faz a compra. Eles tem um chat ao vivo no site que tira todas as dúvidas enquanto você está escolhendo. Então se você não souber muito bem o que está fazendo, chame um funcionário no chat, ele vai te ajudar!

O que é importante observar ao escolher o seu seguro:

Cobertura – como eu já falei, recomendo de pelo menos US$30 mil;

Cobertura para doenças pré-existentes – é muito importante caso alguém na sua família tenha alguma doença pré-existente, como diabetes, por exemplo. Verifique certinho, porque pode ser o caso de você ter um seguro com uma cobertura super alta, mas que vai te cobrar caso você precise de atendimento relacionado à condição que você já tinha antes de viajar;

Gastos com farmácia – se você ficou doente, possivelmente vai ter que comprar remédios. E já adianto: o preço dos remédios com receita segue essa linha dos procedimentos médicos: custam os olhos da cara e mais alguns centavos. Verifique se o seu seguro cobre esse tipo de gasto também!

Gravidez e Gestantes – mesmo se você estiver esperando um bebê e a chegada dele não estiver programada pelos próximos meses, é muito importante ter um seguro que esteja preparado para lidar com qualquer emergência que possa acontecer na viagem. Não digo só para arcar os custos de um parto, mas para que o seguro também inclua os cuidados com o bebê caso ele tenha pressa e resolva nascer americano! 😛

Cobertura Odontológica – Nem sempre dor de dente vem com hora marcada, né? Pelo menos, eu nunca vi! Então é legal que seu seguro cubra esse tipo de emergência também, mesmo não sendo um valor muito alto.

Prática de Esportes – sei que o foco do blog é Orlando e raramente a gente tem esportes nesse tipo de viagem, mas é importante que você tenha uma cobertura especial caso tenha o objetivo de praticar algum esporte durante a viagem. Isso porque você fica mais suscetível à acidentes, então o valor do seguro é um pouquinho mais alto.

Seguro de Bagagem Extraviada  – Muita gente nem dá atenção pra esse item, mas é super importante. Já imaginou se a sua mala não chega no destino final? Pode acontecer e, dependendo do seu seguro, você tem direito a um valor para compensar a dor de cabeça, além do que a própria cia aérea vai te pagar. Existem 2 tipos de seguro de bagagem: complementar e suplementar.

O seguro suplementar vai te pagar o valor total escrito na apólice. Se você contratou um seguro que diz que paga US$500 por mala extraviada, você vai receber receber esse valor, além do valor que a cia aérea te promete no contrato de compra. Se você contratar o complementar, o seguro paga somente a diferença. Se a cia aérea te ressarcir US$200, por exemplo, o seguro vai te pagar somente US$300! Então é legal observar isso também.

Cancelamento de viagem – Pode acontecer de você precisar cancelar a viagem por algum motivo de saúde, ou até mesmo por motivo de falecimento. Um laudo médico é o suficiente para solicitar cancelamento por esses motivos. Mas às vezes a gente precisa cancelar por um motivo menos sério, como visto negado, cancelamento de férias, demissão… Nesse caso, você precisará contratar um seguro com Cancelamento Total. Por isso, confira sempre qual é o tipo de cancelamento que está incluso e se condiz com o que você espera.

Como utilizar o Seguro Viagem?

É bem fácil e tranquilo. A primeira coisa que você precisa é do certificado e da confirmação que chegam pra você por email quando você compra o seguro. Imprima e leve com você durante a viagem! Em uma emergência você deverá entrar em contato com eles pelo telefone informado. Essa ligação é gratuita se o telefone começa com +1-800, e pode ser feita de qualquer orelhão, ou mesmo do telefone do quarto do hotel, então não se preocupe se seu chip de celular não funciona lá fora.

Muitas seguradoras atendem você em português nesse telefone, o que ajuda bastante se você não se sente confiante no inglês. Se às vezes fica difícil se expressar no dia-a-dia em outra língua, imagina com dor, né? Outra coisa bacana: a Assist Card tem um aplicativo excelente, e você pode entrar em contato por ele, só precisa de wifi!

Dependendo do que você estiver sentindo e do tipo de emergência, o seguro vai ou enviar um médico até o seu hotel, ou fornecer o endereço do hospital ou clínica mais próximos para te atender. Alguns seguros enviam até mesmo o transporte para te buscar, depende da sua cobertura.

É muito importante que você consiga falar com o seguro antes de se dirigir a um hospital. Caso você acabe indo para um local não conveniado, você deverá pagar o procedimento, seja ele qual e quanto for, e solicitar o reembolso para o seguro depois. Lembre-se que pode demorar para esse reembolso sair, viu? Por isso a minha dica é: veja quais são os hospitais mais próximos do seu hotel que são cobertos pelo seu seguro antes mesmo de sair do Brasil, só pra não correr nenhum risco.

E o seguro do Cartão de Crédito? É bom?

Se o seu cartão de crédito for da categoria Platinum e você comprar sua passagem aérea com ele, você tem direito a um seguro saúde gratuito. Para saber mais detalhes e verificar se você poderá usar na sua viagem, acesse MasterCard Platinum ou Visa Platinum. O que você precisa estar ciente é que o seguro do cartão funciona na base do reembolso. Se você tiver uma emergência, você liga para o cartão, e avisa. A bandeira do cartão libera aquele limite no seu cartão, e você consegue pagar a despesa no hospital. Depois você vai ter toda uma burocracia para solicitar o reembolso no Brasil. E você já leu ali em cima quanto custam os procedimentos, né? Imagina o valor desse reembolso! 😛

Disney Point é um blog independente, não sendo afiliado ou mantido pela The Walt Disney Company. As informações contidas aqui representam as opiniões da autora, colaboradores e usuários.
Walt Disney World Resort, Universal Orlando Resort, Sea World, Legoland Florida e outras empresas citadas são marcas registradas.